Para abrir o índice de receitas salgadas ou doces, basta clicar nos links abaixo!

RECEITAS SALGADAS

RECEITAS DOCES

OS SEGREDOS NÃO SECRETOS DA COZINHA


Para imprimir ou arquivar nossas receitas, basta clicar no link "Print PDF" ao final de cada post!

Você procura por alguma receita específica? Digite a palavra-chave e clique em "pesquisar"

Carregando...

23 agosto 2010

LE CREUSET: OBJETO DE DESEJO DE MUITOS!


Porque a Le Creuset é tão cobiçada pelos amantes da cozinha? Essa é uma pergunta que eu sempre me fiz! A minha maior questão não era em relação à qualidade do produto (que sempre me pareceu inquestionável), mas sim ao como alguém pagaria tão caro por uma panela.

Quando fui morar fora me dei conta de que os preços da Le Creuset são surreais no Brasil. Na Europa, nos EUA ou na Ásia é possível comprá-las a preços bem mais acessíveis. Logicamente ainda são caras se comparadas a outras panelas mais simples, mas digamos que se torna possível cogitar a aquisição de ao menos uma.

A Le Creuset foi fundada em 1925 por dois industriais belgas, sendo um especialista em ferro fundido e o outro em esmaltação. A primeira produção foi feita no norte da França e com o tempo eles foram expandindo a sua linha de produtos. Hoje, com quase 90 anos de mercado, a linha é extensa e abrange não apenas as panelas como também uma linha têxtil e uma de cerâmicas, com design sofisticado e cores muito atraentes.

Mas porque as panelas Le Creuset são tão boas? Essas panelas não são tão cobiçadas à toa. Uma vez que você use uma Le Creuset, ficará viciado nelas. São produzidas artesanalmente em ferro fundido e esmaltado. O calor, durante o cozimento, é distribuído igualmente por toda a panela, cozinhando o alimento por igual e preservando seus nutrientes. Ela pode ser utilizada em qualquer fonte de calor (até mesmo churrasqueira). Você pode iniciar o cozimento do alimento no fogão e terminá-lo no forno, sendo que as tampas suportam temperaturas de até 200oC. Como o design é lindo, super charmoso e as cores uma mais atraente que a outra, são panelas que podem ir diretamente à mesa. O ferro preserva o calor do alimento por muito tempo, mantendo a refeição quente do início ao fim. Além disso, o esmalte interior não deixa o alimento grudar, tornando-as fáceis de lavar.

Além do fato de serem bem ‘salgadas’, consigo citar apenas um defeito: são extremamente pesadas. Mas são de ferro, não temos como fugir disso.

Resumindo, se não quiserem virar escravos destas belezinhas, nem cheguem perto delas!

Mas nem pensem em comprá-las no Brasil. Peçam para conhecidos ou quando viajarem para o exterior garimpem nos outlets. Garanto que encontrarão por cerca de 1/4 do valor pago no Brasil.

OBS: isto não é um post patrocinado, é apenas uma manifestação da minha adoração pelas danadas!

11 comentários :

Marcia disse...

gostaria muito de ter uma, mas os preços não cabem no meu bolso. tem uma marca parecida, la cuisine. Fica como dica pra quem ainda não pode ter uma le creuset. um abraço Marcia

Sra Bala de Alga disse...

Ai ai... que sonho ter uma panela dessas!!! Um dia, quem sabe...

Meus Sonhos disse...

Esse é um sonhos de consumo que um dia ainda quero realizar.
Pena que no Brasil com o dinheiro que compramos uma panela, daria para comprar quase duas lá fora.
Parabéns pelo blog.

Munique disse...

Sei lá... além de muito pesada, ela não é antiaderente (pode checar no site deles... os alimentos podem sim grudar!). Eles dizem que só pode cozinhar em fogo baixo, e se cair no chão, pode rachar ou quebrar (sendo de ferro, não sei como, mas eles que disseram isso!). Tem que usar só utensílio de silicone ou madeira pois os outros riscam e tiram o esmalte. Ou seja... não há muita paz, e não entendo tanto frisson. Não é muito prática. As de inox são melhores nesses quesitos, sendo que tanto a LeCreuset quanto a de inox têm uma desvantagem que pra mim é muito grande: alças que esquentam.
Ah... lembrando que as alças da LeCreuset só aguenta até 200°C no forno... não pode colocar uma temperatura maior que isso (o que é bem corriqueiro).
Enfim... diante d etudo isso, por que eu compraria uma panela tão cara?

Ana Carolina disse...

Olá Munique! Eu também pensava assim em relação a panelas de ferro em geral: pesadas, alça esquenta, controlar o fogo, usar colher de madeira ou silicone. Porém, esses não são cuidados apenas de uma Le Creuset, na verdade é de qualquer panela, até mesmo uma mais simples de tefal, certo? Ela não pode cair no chão por conta do esmalte, ele sim pode rachar. Acho um absurdo o preço que custam aqui, eu também não pagaria. Mas lá fora é realmente mais barato. E o resultado final é diferente e as possibilidades de uso são bem interessantes. Mas não precisa ser uma Le Creuset, outra panela de ferro cumpre bem o papel. O legal é que são esmaltadas e grudam menos que outras panelas de ferro, são lindas, podem ir direto à mesa. Coisas de marca, que, neste caso, eu adoro! Um abraço!

Anônimo disse...

Existe um ditado que diz:
Mais vale um gosto que um caminhão de abóboras.

Quem curte cozinha, gastronomia e decoração. CERTAMENTE entende a necessidade dessas panelas.

Ana Carolina disse...

Verdade "Anônimo"! Talvez não 'necessidade'.

Silvia disse...

Olá. Vendo panelas Le Creuset antigas mas que nunca foram usadas. Estão até nas caixas, fechadinhas. Se estiverem interessadas deixo o link aqui: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-187256000-panela-molheira-cacarola-le-creuset-20-cm-_JM

Beijos!

roseli suski disse...

roseli suski viana 30.05.2012


Ganhei uma frigideira le creuset e muito linda, 26 cm cor laranja, e um modelo novo lisa por dentro nao grelha, e na inauguracao dela, fiz uns files de peixe grelhado, coloquei oleo, passei os files no trigo e mesmo assim grudou bastante, minha duvida sera que e por ser nova ou eu nao soube fazer o tal peixe? bem fiquei um pouco decepcionada....

Ana Carolina disse...

Roseli, tudo bom?
Para fritar peixe empanado (que é muito delicado) eu sugiro usar bastante óleo, fazendo fritura de imersão, ou frigideiras non-stick (não necessariamente da le creuset). Abraço, Carol

Doug&Bela disse...

Roseli, você deve deixar pelo menos de 3 a 5 min a carne (peixe, carnes vermelhas) de cada lado e virar apenas uma vez. Utilizar um fio de azeite e deixar esquentar muito. Dessa forma vai soltar facil sem desmanchar o seu peixe. Tenho várias Le Creuset compradas fora e realmente é totalmente diferente. Tenho outras panelas (WMF, Cuisinart, etc) mas nada chega nem de perto nas francesas. Deposi que voce começa a usar você realmente não quer mais outras panelas. O sabor e textura dos alimentos ficam bem diferentes do que as demais panelas. Tenho também cocottes que custam muito pouco la fora (usd 9 cada um no outlet em Orlando contra R$ 100 aqui no Brasil). Portanto se gosta de cozinha pode investir quando tiver oportunidade que vale a pena. São panelas com garantia lifetime (por toda a vida).